SEJAM BEM VINDOS!!!


segunda-feira, 22 de agosto de 2011

SOLIDÃO __ FÁTIMA IRENE PINTO

Este poema tem circulado na Internet,com a foto do Chico Buarque em Paris,e sendo a ele atribuida a sua autoria...

Solidão - Fátima Irene Pinto

Solidão não é a falta de gente para conversar,
namorar, passear ou fazer sexo...
isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos
pela ausência de entes queridos que não podem
mais voltar...
isto é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que a gente
se impõe as vezes, para realinhar os pensamentos...
isto é equilíbrio.

Tampouco é a pausa involuntária que o destino
nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a
nossa vida...
isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
isto é circunstância.

Solidão é muito mais que isto...

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos
e procuramos em vão, pela nossa Alma!













3 comentários:

Malu disse...

Uma bela definição para SOLIDÃO que quer dizer tudo isto e tantas outras coisas.
Grata pelo seu carinho em minhas páginas e tem razão, assim como a Lúcia quando diz que muitos não possuem religião e são espiritualizados muitas vezes bem mais do que aqueles que se dizem grandes religiosos.
Mas quando falo de religião, acima, na postagem, estou definindo pela definição de muitos tantoe e grande pensadores que acham que só se tem espiritualidade quem segue algum preceito.
Pois vou mais além - acho, minha amiga, que não ser religioso também é uma forma de se religar ao CRIADOR só que de maneira diferente daqueles que frequentam algum preceito.
Adorei sua visita e seu comentário só veio a acrescentar.
Que tudo seja para o BEM.
Uma grande semana para si.
Abraçossssssssssss

。♥ Smareis ♥。 disse...

Leninha, essa é uma grande coisa que atinge o ser humano. Mas gosto as vezes da solidão.Quem não souber povoar a sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente.Deixo um beijo grande e desejo de um ótimo começo de semana. Abraço!
Smareis

Luna Sanchez disse...

Pois é, Leninha, mas estamos sempre acompanhados de nós mesmos. E se não nos sentimos assim é porque alguma coisa está errada...

Um beijo, querida. Ótima semana!