SEJAM BEM VINDOS!!!


segunda-feira, 11 de junho de 2012

Maria Bethânia - Minha Namorada

  O amor tem sido cantado em prosa e verso,desde os primórdios da civilização
.Na voz de Maria Bethânia,Minha namorada  --Vinícius de Moraes.
E é tambem de Vinícius,esta obra prima:

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você

E nesta semana em que se comemora o Dia dos Namorados,a minha homenagem a todos os enamorados que por aqui passarem.

Amo-te tanto,meu amor...não cante      
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim,de um calmo amor prestante
E te amo além,presente na saudade
Amo-te enfim com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho,simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtudes
Com um desejo maciço e permanente.

E de ter amar assim,muitoe amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

PARA UMA MENINA COM UMA FLOR

" Porque você é uma menina com uma flor e tem uma voz que não sai, eu lhe prometo amor eterno, salvo se você bater pino, o que, aliás, você não vai nunca porque você acorda tarde, tem um ar recuado e gosta de brigadeiro: quero dizer, o doce feito com leite condensado.

E porque você é uma menina com uma flor e chorou na estação de Roma porque nossas malas seguiram sozinhas para Paris e você ficou morrendo de pena delas partindo assim no meio de todas aquelas malas estrangeiras. E porque você sonha que eu estou passando você para trás, transfere sua d.d.c. para o meu cotidiano, e implica comigo o dia inteiro como se eu tivesse culpa de você ser assim tão subliminar. E porque quando você começou a gostar de mim procurava saber por todos os modos com que camisa esporte eu ia sair para fazer mimetismo de amor, se vestindo parecido. E porque você tem um rosto que está sempre um nicho, mesmo quando põe o cabelo para cima, parecendo uma santa moderna, e anda lento, e fala em 33 rotações mas sem ficar chata. E porque você é uma menina com uma flor, eu lhe predigo muitos anos de felicidade, pelo menos até eu ficar velho: mas só quando eu der uma paradinha marota para olhar para trás, aí você pode se mandar, eu compreendo.

E porque você é uma menina com uma flor e tem um andar de pajem medieval; e porque você quando canta nem um mosquito ouve a sua voz, e você desafina lindo e logo conserta, e às vezes acorda no meio da noite e fica cantando feito uma maluca. E porque você tem um ursinho chamado Nounouse e fala mal de mim para ele, e ele escuta e não concorda porque ele é muito meu chapa, e quando você se sente perdida e sozinha no mundo você se deita agarrada com ele e chora feito uma boba fazendo um bico deste tamanho. E porque você é uma menina que não pisca nunca e seus olhos foram feitos na primeira noite da Criação, e você é capaz de ficar me olhando horas.

E porque você é uma menina que tem medo de ver a Cara-na-Vidraça, e quando eu olho você muito tempo você vai ficando nervosa até eu dizer que estou brincando. E porque você é uma menina com uma flor e cativou meu coração e adora purê de batata, eu lhe peço que me sagre seu Constante e Fiel Cavalheiro.

E sendo você uma menina com uma flor, eu lhe peço também que nunca mais me deixe sozinho, como nesse último mês em Paris; fica tudo uma rua silenciosa e escura que não vai dar em lugar nenhum; os móveis ficam parados me olhando com pena; é um vazio tão grande que as mulheres nem ousam me amar porque dariam tudo para ter um poeta penando assim por elas, a mão no queixo, a perna cruzada triste e aquele olhar que não vê. E porque você é a única menina com uma flor que eu conheço, eu escrevi uma canção tão bonita para você, "Minha namorada", a fim de que, quando eu morrer, você, se por acaso não morrer também, fique deitadinha abraçada com Nounouse cantando sem voz aquele pedaço que eu digo que você tem de ser a estrela derradeira, minha amiga e companheira, no infinito de nós dois.

E já que você é uma menina com uma flor e eu estou vendo você subir agora - tão purinha entre as marias-sem-vergonha - a ladeira que traz ao nosso chalé, aqui nessas montanhas recortadas pela mão de Guignard; e o meu coração, como quando você me disse que me amava, põe-se a bater cada vez mais depressa.

E porque eu me levanto para recolher você no meu abraço, e o mato à nossa volta se faz murmuroso e se enche de vaga-lumes enquanto a noite desce com seus segredos, suas mortes, seus espantos - eu sei, ah, eu sei que o meu amor por você é feito de todos os amores que eu já tive, e você é a filha dileta de todas as mulheres que eu amei; e que todas as mulheres que eu amei, como tristes estátuas ao longo da aléia de um jardim noturno, foram passando você de mão em mão até mim, cuspindo no seu rosto e enfrentando a sua fronte de grinaldas; foram passando você até mim entre cantos, súplicas e vociferações - porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor. "


Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama

Mas que seja infinito enquanto dure.

 

13 comentários:

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

O que eu quero contar
É tão delicado quanto a própria vida

Clarice Lispector

[que escolha perfeita!]


beijo

R. R. Barcellos disse...

Beleza! Você hoje é uma menina com muitos versos...
Feliz amor, Leninha. Abraços.

✿ chica disse...

Quanta coisa linda e cheia de amor por aqui!! Um beijo tudo de bom e tu é sempre romântica...chica

lis disse...

Um dia feliz esse aos Namorados Leninha.
Foi buscar lá no fundinho do coração essas músicas lindas, um texto delicado como uma flor .
Adorei! penso em comemorar! rs
beijinhos Leninha

Brechique da Dodoca disse...

Uau, querida Leninha!
Vc fez uma coletânea de amor de dar inveja!
Belos, belos, belos poemas e textos poéticos, vazando amor!
Que todo esse amor que vc postou lhe envolvam e lhe faça muuuittoooo feliz!
Bjssssssssss, quérida, Deus a abençoa!
P.S.: Vc postou o vídeo de Gandarela no facebook? Se não, faça-o: precisa de muita divulgação, quase o fiz!

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa noite Leninha minha querida


Quanto amor no ar...
Lindo demais.

Beijos
Ani

silvioafonso disse...

.


Vim para ouvir Bethânia e
sorrir para você.

Beijos do,

Palhaço Poeta






.

CamilaSB disse...

Olá, Leninha, adorei o seu blogue... lindos poemas e maravilhosa a Maria Bethânia! Feliz dia dos namorados! O amor é a jóia mais bela que o coração pode partilhar! Beijinho com amizade :)

casa de fifia disse...

Olá LENINHA
AMO A VOZ DESTA MULHER, E ADOR ESSA MUSICA, EMBORA SEJA DA TANTO TEMPO QUE NÃO ESCUTO ELA,MAS AGORA QUE VOCÊ ME FEZ LEMBRAR DELA,VOU PROCURAR LA PARA OUVIR LA DE NOVO.
FELIZ DIA DOS NAMORADOS

BACIONE

O meu pensamento viaja disse...

Leninha, que o amor entre um homem e uma mulher seja a glorificação do mais primitivo dos instintos , o da sobrevivência da espécie ... concedo aos gélidos observadores do comportamento humano. Mas que é a mais doce ilusão, a mais sublime tentação, o estar mais perto do céu que é dado ao comum dos mortais, ah! lá isso é.
Feliz de quem ama, feliz de quem muito amou e sempre está pronto para amar.
Feliz dia dos namorados, minha flor.

Ivani disse...

Nossa Leninha, hoje está delicioso navega pelos blogs amigos.
É só amor, carinho, beijos, abraços!
Todos os dias deveriam ser dos namorados kkkkkk!
Penso que para quem está apixonado é assim, todo dia é muito bom!
Adorei sua postagem, versos e palavras maravilhosos.
A música divina, e a voz de Bethania nem sei como explicar. Nem devo explicar, nao é mesmo? basya ouvir.
Beijos minha querida, boa noite.

Toninhobira disse...

Um festival maravilhoso minha amiga.O amor se curva pela beleza da homenagem.
Um carinhoso abraço de paz e luz.
Bjo.

Anne Lieri disse...

Leninha,tá um sonho essa postagem!Bethania é maravilhosa e as poesias de amor que escolheu são lindas de viver!Parabens pelo bom gosto!bjs,