SEJAM BEM VINDOS!!!


segunda-feira, 18 de julho de 2011

BLOGAGEM COLETIVA (iniciativa de ABRAÃO VITORIANO DO BLOG:é o menino homem? Minhas Primeiras Leituras

Meu primeiro livro (não tive cartilha) chamava-se “O Livro de Lili”. A primeira lição, permitam-me transcreve-la, era a seguinte:

“ Lili, olhem para mim
               Eu me chamo de Lili
 Eu comi muito doce
 Vocês gostam de doce?
 Eu gosto tanto de doce.”

Esta lição era lida pelo professor com nosso acompanhamento, ,inúmeras vezes. E se repetia no livro por cinco vezes, apresentadas  de várias formas para que a gente pudesse identificar todas as letras contidas no texto em suas mais diversas modalidades: maiúscula, minúscula, de imprensa, manual etc.

A segunda lição se chamava “A Cozinheira”. E relatava que a cozinheira era Lili que sabia fazer doce de abacaxi. A terceira lição tratava de uma patinha chamada “Tetéia” que acompanhava Lili por toda casa. Aonde Lili vai Tetéia vai atrás. Todas as lições se repet

iam.Como eu já sabia ler(minha mãe se incumbira de me alfabetizar em casa,antes de entrar para a escola),ajudava a professora,com as crianças que tinham dificuldades.
       Mais tarde,comecei a ler histórias para minhas amigas(influência de minha avó materna,que lia para mim todas as noites.E o livro era HISTÓRIAS DA VOVÓZINHA.Eram 365 histórias e ela contava uma por dia).                                    

Daí passei a ler também Monteiro Lobato e Andersen e meus sonhos eram povoados por sítios,fadas,princesas e bruxas.E continuava contando histórias todas as noites para as amiguinhas que se acotovelavam para sentar bem pertinho de mim.E sonhavam junto comigo e riam de Pedro Malasartes,choravam com o sofrimento da Branca de Neve e de Pinóquio quando virava um burrinho...
 E ,mais tarde,sonhei(crianças podem sonhar TUDO)que um dia seria uma escritora,mas as voltas do mundo me arrancaram o sonho.

Hoje,continuo lendo,muito, e sonhando....outros sonhos,é verdade,mas não menos importantes.




Quando o Abraão me convidou para esta blogagem coletiva fiquei muito emocionada e enternecida,pois ele é um poeta,menino ainda,mas de um enorme valor e talento.Visitem o seu blog e não se arrependerão.

4 comentários:

tecas disse...

Que ternura, Leninha querida. Parabéns ao Abraão.
Adorei, sendo um poeta, ainda menino, promete!
Bem haja, por o dar a conhecer. Bjito e uma flor.

Su disse...

Leninha querida, que lindo e emocionante seu relato, e que maravilha ter sua a mãe e sua avó incentivando a leitura e as descobertas nesses mundos tão mágicos que fazem parte da nossa infância, me encantei com a Lili (meu apelido aqui em casa, desde pequena, rs), e Monteiro Lobato então,sou apaixonada. Eu adoro esse livro com as 365 histórias para serem contadas, fica sempre a curiosidade em saber o que virá no dia seguinte. Linda sua participação minha doce amiga. Parabéns, beijinhos no seu coração e obrigada sempre pelo seu carinho e amizade. Su.

Smareis disse...

Oi Querida, que lindo seu relato.Eu também adoro ler e sonhar todos os dias. Um beijo e ótima semana.

Silvia Ordonhes disse...

Parabéns Leninha,Abraão queridos!
Seu relato é lindo,Leninha me fez viajar
junto Monteiro Lobato,Lili,Pinóquio etc
Recebam o meu carinho e forte abraço amigos!
Linda tarde e noite...risos