SEJAM BEM VINDOS!!!


terça-feira, 21 de junho de 2011

HOMENAGEM A VINICIUS

Samba da benção

(Vinícius de Moraes)
É melhor ser alegre que ser triste
Alegria é a melhor coisa que existe
É assim como a luz no coração
Mas pra fazer um samba um samba com beleza
É preciso um bocado de tristeza
Senão não se faz um samba, não

Senão é como amar uma mulher só linda; e daí?
Uma mulher tem que ter qualquer coisa além da beleza
Qualquer coisa de triste, qualquer coisa que chora
Qualquer coisa que sente saudade
Um molejo de amor machucado,
Uma beleza que vem da tristeza de se saber mulher,
Feita apenas para amar, para sofrer pelo seu amor
E para ser só perdão

Fazer samba não é contar piada
Quem faz samba assim não é de nada
O bom samba é uma forma de oração
Porque o samba é a tristeza que balança
E a tristeza tem sempre uma esperança
De um dia não ser mais triste não...

Ponha um pouco de amor numa cadência
E vai ver que ninguém no mundo vence
A beleza que tem um samba não
Porque o samba nasceu lá na Bahia
E se hoje ele é branco na poesia
Se hoje ele é branco na poesia
Ele é negro demais no coração

10 comentários:

Majoli disse...

Oi Leninha, brigadinha pelo carinho de tua visita ao rabiscos, vim retribuir e conhecer um cadinho dos seus cantinhos (pois vi que tens mais de um).

Vinícius de Moraes, poeta que amo por demais.
Linda escolha essa sua.

E ouvir Paula Fernandes aqui, nossa, delicioso.

Beijos de uma deliciosa noite.

Ivani disse...

Que lindo o nosso poetinha. Ele foi fantástico!
Deixou coisas maravilhosas para serem lembradas.
Beijos Leninha, boa noite.

casa de fifia disse...

bom dia leninha
oie eu aqui de novo.
querida estou aprontando mais uma arte e estou com pouco tempo para visitar as amigas
mas não deixo de passa nem que seja para ti dizer um oi.
linda musica de Vinicius.

baci

Su disse...

Amiga que delícia ter o Vinícius aqui... adoro ele, um poeta eterno!

Quero cantar agora...rsrs, oba estou acordando, o cafézinho lá no Sonhos está fazendo efeito...

Beijos amiga querida... e com o samba no pé e poesia no coração, vou indo...rs

Su

Marli Borges disse...

Querida Leninha,
Cheguei aqui através do blog da Su. Li seu comentário e vim aqui te conhecer. E dou de cara com essa poesia do Vinícius! Uau. Valeu relembrar um belo poema eternizadao em forma de música, e que embalou meus arroubos juvenis. Bjssssss

O meu pensamento viaja disse...

Leninha, perco-me com Vinicius, voo, é tão lindo...
Sou dependente da (boa) música brasileira. Aliás, acho mesmo, que numa outra vida, fui brasileira.
Já tinha pensado em ti.
Já tinha saudade.
Só não tinha tido tempo.
Beijos, linda,
Nina

Smareis disse...

Poeta maravilhoso, Vinicius deixou poema lindíssimo. Esse poema em forma de música é perfeito. Parabéns pelo blog. Um Abraço!

Helena Chiarello disse...

Delíciaaaa, Leninha!
Esse Samba da Bênção é especial! Sabe que nesse samba, Vinícius cita o Maestro Moacir Santos, que era amigo pessoal do Fabiano, inclusive, padrinho da irmã mais nova dele... Então, a música é mais que especial, por Vinícius, pelo Maestro, pela saudade dos dois, pela beleza e emoção de tudo isso junto.
Amodoreiiii!

E adorei teu comentário lá! rs... Uma delícia essas lembranças comuns, aproximam ainda mais a gente!

Beijos "nossos" pra você, querida "amiga de infância"!

Sergio Martins disse...

Adoro tudo de Vinícius; suas obras são fantásticas!

Sergio Martins disse...

Adorei seu blog; boa semana; bjs!